Bolsa Família

Economia Mais 2 milhões têm saque liberado da quarta parcela do auxílio

Mais 2 milhões têm saque liberado da quarta parcela do auxílio

Trabalhadores informais nascidos em fevereiro já podem resgatar o valor, movimentado antes pelo aplicativo da Caixa

Nascidos em fevereiro terão o resgate em dinheiro liberado a partir desta terça-feira

Nascidos em fevereiro terão o resgate em dinheiro liberado a partir desta terça-feira

ANDRE MELO ANDRADE/IMMAGINI/ESTADÃO CONTEÚDO-15/07/2021

A Caixa Econômica Federal libera nesta terça-feira (3) o saque da quarta parcela do auxílio emergencial para os nascidos em fevereiro. Cerca de 2 milhões de trabalhadores informais desse grupo serão beneficiados. No mês passado, os repasses para esse grupo passaram dos R$ 426 milhões.

Leia também: Após conclusão da 4ª parcela, gasto com auxílio chega a R$ 34,7 bi

O pagamento do ciclo 4 foi adiantado em sete dias, o último antes das três parcelas extras autorizadas pelo governo federal em meio à pandemia de covid-19.

O dinheiro está disponível para transações na conta digital aberta pela Caixa para o pagamento do benefício para este grupo desde 18 de julho. Nela é possível pagar boletos, realizar compras pela internet e em estabelecimentos comerciais. Além disso, os beneficiários podem fazer transferências instantâneas entre bancos via PIX (exceto para contas de mesma titularidade).

O depósito da quarta parcela em conta digital foi concluído na semana passada e os beneficiários puderam movimentar o valor por meio de aplicativo. Nesta etapa, foram contempladas 26,7 milhões de famílias, totalizando um repasse de R$ 5,5 bilhões.

Para o grupo do Bolsa Família, o pagamento foi feito conforme o calendário do programa. Em julho, 9,48 milhões de famílias desse grupo tiveram acesso ao benefício. O valor da folha de pagamentos foi de R$ 2,9 bilhões, com valor médio de R$ 305,97.

Prorrogação

O benefício emergencial pago em função da pandemia do novo coronavírus previa nova rodada em 2021 com quatro parcelas, mas foi prorrogado em mais três pagamentos até outubro. O valor médio segue em R$ 250, com exceção às mulheres chefes de família, que recebem R$ 375, e as pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

Mas o calendário das últimas três parcelas ainda não foi divulgado pelo Ministério da Cidadania. Com a prorrogação do auxílio emergencial até outubro, a expectativa do governo federal é ganhar tempo para o avanço da vacinação contra a covid-19, além de preparar uma ampliação do programa Bolsa Família, com pagamentos que podem chegar a R$ 400.

Calendário de saque da 4ª parcela

2 de agosto (segunda-feira) - nascidos em janeiro
3 de agosto (terça-feira) - nascidos em fevereiro
4 de agosto (quarta-feira) - nascidos em março
5 de agosto (quinta-feira) - nascidos em abril
9 de agosto (segunda-feira) - nascidos em maio
10 de agosto (terça-feira) - nascidos em junho
11 de agosto (quarta-feira) - nascidos em julho
12 de agosto (quinta-feira) - nascidos em agosto
13 de agosto (sexta-feira) - nascidos em setembro
16 de agosto (segunda-feira) - nascidos em outubro
17 de agosto (terça-feira) - nascidos em novembro
18 de agosto (quarta-feira) - nascidos em dezembro

Últimas