Economia Materiais mais caros puxam alta do preço para construir em outubro, diz FGV

Materiais mais caros puxam alta do preço para construir em outubro, diz FGV

Preço de Materiais, Equipamentos e Serviços subiram 0,43%; Mão de Obra permaneceu estável

Materiais mais caros puxam alta do preço para construir em outubro, diz FGV

Todos os itens de Materiais ficaram mais caros no período

Todos os itens de Materiais ficaram mais caros no período

Getty Images

O preço para construir no Brasil subiu 0,2% na passagem de setembro para outubro. O resultado, divulgado nesta terça-feira (28), pela FGV (Fundação Getulio Vargas), foi puxado pela alta dos itens componentes do grupo de Materiais, Equipamentos e Serviços, que subiram 0,43% no período.

O INCC-M (Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado) de outubro mostrou ainda que os preços referentes à Mão de Obra não registraram variação pelo segundo mês seguido.

Entre os Materiais, se destacaram a aceleração dos valores correspondentes a materiais para estrutura (de 0,2% para 0,31%), materiais para instalação (de 0,38% para 0,78%) e materiais para acabamento (de 0,46% para 0,73%).

O valor referente aos equipamentos para transporte de pessoas desacelerou a alta entre os meses de setembro e outubro (de 1,07% para 0,86%).

Leia mais sobre Economia e ajuste suas contas

Campanha visa reduzir número de acidentes envolvendo fios elétricos no Brasil. Confira no vídeo abaixo:

Quer fazer compras online? Use o R7 Ofertas

A parcela relativa a Serviços passou de uma taxa de 0,22%, em setembro, para 0,05%, em outubro. Neste grupo, vale destacar a desaceleração dos preços do subgrupo de projetos, cuja variação passou de 0,45% para 0,01%.

Entre as capitais, cinco delas apresentaram aceleração em suas taxas de variação: Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo. Por outro lado, Salvador e Belo Horizonte registraram desaceleração no período.

O INCC-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 de setembro e 20 de mês de outubro.

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

    Access log