Economia Medidas de mobilidade controlam 2ª onda na Europa, mas afetam atividade, diz BC

Medidas de mobilidade controlam 2ª onda na Europa, mas afetam atividade, diz BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, avaliou nesta terça-feira, 15, que as medidas de mobilidade adotadas na Europa controlam a segunda onda de contaminação pela covid-19 na região, mas afetam a atividade econômica. A avaliação consta em apresentação, divulgada na internet, de Campos Neto em evento fechado da gestora BlackRock.

Campos Neto também afirmou que a recuperação econômica pós-pandemia na Europa é "assimétrica entre países e setores".

Ao avaliar a economia dos Estados Unidos, o presidente do BC afirmou que o nível de emprego ainda está abaixo do verificado antes da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus e que as demissões no país estão crescendo.

Em relação à China, Campos Neto afirmou que a atividade econômica vem "ganhando tração, mas consumo, produção, investimento privado e mobilidade seguem aquém dos níveis pré-crise".

Emergentes

Ao tratar dos países emergentes, Campos Neto pontuou, conforme a apresentação, que a inflação de alimentos está bastante disseminada. Ele citou ainda uma queda da inflação de serviços em grande parte dos emergentes.

A apresentação de Campos Neto está disponível em https://www.bcb.gov.br/conteudo/home-ptbr/TextosApresentacoes/RCN_AP_Blackrock_15.12.PDF.

Últimas