Minério de ferro na China tem 6° dia de alta por preocupação com Brasil

ASIA-IRONORE:Minério de ferro na China tem 6° dia de alta por preocupação com Brasil

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China subiram pela sexta sessão consecutiva nesta quarta-feira, com preocupações sobre o fornecimento a partir do Brasil e devido ao forte apetite dos chineses pela matéria-prima utilizada na fabricação do aço.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para setembro, fechou em alta de 0,9%, a 704,50 iuanes (99,17 dólares) por tonelada.

O minério de ferro 62% no mercado spot para entrega na China avançou para 97,20 dólares por tonelada na terça-feira, maior valor desde 16 de setembro, segundo dados da consultoria SteelHome.

O primeiro contrato na bolsa de Cingapura, por outro lado, caiu 1,8%, para 91,53 dólares por tonelada.

O Brasil, um dos maiores fornecedores globais de minério de ferro, tornou-se o terceiro país em casos do novo coronavírus, e uma associação do setor de mineração alertou que não descarta impactos sobre a produção caso o avanço da doença não seja contido.

A epidemia poderia impedir a oferta do Brasil de se recuperar significativamente no curto prazo, segundo dados da Shanghai Metals Market, que projetou uma queda semanal de 560 mil toneladas nos embarques do país entre 10 e 16 de maio.

Por outro lado, um desaceleração na demanda por aço no mercado spot na China pode conter o rali do minério de ferro no curto prazo, disse o analista da Marex Spectron, Hui Heng Tan, citando uma retomada lenta nas atividades de comercialização.

O vergalhão para construção na bolsa de Xangai caiu 0,7%.