Ministério de Minas e Energia diz que secretário Ricardo Cyrino deixará o cargo

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério de Minas e Energia informou que o secretário de energia elétrica Ricardo Cyrino pediu para deixar o cargo, de acordo com carta de despedida divulgada no site da pasta nesta quinta-feira.

Cyrino, que assumiu a posição em 10 de janeiro, teve antes do ministério passagens por empresas como as elétricas CPFL e AES Brasil e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O ministério não informou de imediato se já foi definido um substituto para o secretário.

None

(Por Luciano Costa)