Ministro da Economia nega que deixará o governo em 2020

Paulo Guedes, disse que há "zero fundamento" em notícia sobre sua saída após andamento das reformas da Previdência e tributária

Notícia causou pessimismo no mercado financeiro

Notícia causou pessimismo no mercado financeiro

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados - 4.6.2019

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que há "zero fundamento" em notícia sobre sua saída do governo no início do próximo ano.

Mais cedo, o Diário da Amazônia publicou que Guedes deverá deixar o governo em fevereiro e que estava apenas esperando a aprovação da reforma da Previdência e a consolidação da reforma tributária.

Bolsa desaba quase 2% com possível saída de Paulo Guedes do governo

Profissionais do mercado financeiro citaram a notícia como fator que ajudou nas perdas da bolsa. Principal índice de ações brasileiro, o Ibovespa caiu 1,93% nesta segunda-feira, a 100.572,77 pontos, menor fechamento desde 3 de setembro.