Economia Ministro da Fazenda diz que indicadores apontam para recuperação da economia brasileira

Ministro da Fazenda diz que indicadores apontam para recuperação da economia brasileira

Meirelles disse esperar que a economia cresça a uma taxa de 2% no quarto trimestre

Ministro da Fazenda diz que indicadores apontam para recuperação da economia brasileira

Henrique Meirelles: qualquer decisão sobre impostos é prematura antes de o governo conhecer os dados reais das contas públicasJosé Cruz/Agência Brasil

Henrique Meirelles: qualquer decisão sobre impostos é prematura antes de o governo conhecer os dados reais das contas públicasJosé Cruz/Agência Brasil

Folha Vitória - Cidades 3

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira (16) em Davos, na Suíça, que os indicadores já mostram que a economia brasileira está no caminho da recuperação.

Meirelles, que participa do Fórum Econômico Mundial, disse que a economia deve dar sinais de melhora ao longo deste ano e que os investidores estão mostrando interesse no Brasil.

— Esperamos que a população sinta os efeitos da retomada do crescimento ao longo deste ano.

Meirelles disse esperar que a economia esteja crescendo a uma taxa de 2% no quarto trimestre deste ano ante o mesmo período do ano passado. No fim de 2016, quando a equipe econômica revisou as projeções para o PIB, Meirelles chegou a falar numa alta de 2,8 por cento nessa mesma base de comparação.

Nesta segunda-feira, o FMI (Fundo Monetário Internacional) divulgou previsão de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de apenas 0,2% em 2017. Meirelles disse que o FMI tende a ser realmente mais conversador

— O mercado no Brasil está com um crescimento um pouco mais acima, de 0,5%, mas certamente o importante é a trajetória de recuperação da economia que parte de um nível muito baixo.

Economia brasileira vai crescer apenas 0,2% em 2017, prevê FMI

Por enquanto, o Ministério da Fazenda não alterou a perspectiva de crescimento 1% do PIB em 2017. Esse número deve ser revisado nas próximas semanas, disse Meirelles.

— Não sabemos se essa revisão será para baixo.

Ajuste dos Estados

Meirelles também afirmou que as negociações para o ajuste fiscal do Rio de Janeiro deve ser concluído na próxima segunda-feira, em 23 de janeiro.

— É um ajuste fiscal sério e que eu não tenho certeza que muitos Estados precisem fazer isso.

O ministro afirmou, no entanto, que o governo federal está dispostos a discutir medidas de ajuste com qualquer Estado que apresente dificuldade financeira.