Economia Moagem de cana recua 4,74% no CS na 2ª quinzena de maio; produção de açúcar dispara

Moagem de cana recua 4,74% no CS na 2ª quinzena de maio; produção de açúcar dispara

COMMODS-CANA-MOAGEM:Moagem de cana recua 4,74% no CS na 2ª quinzena de maio; produção de açúcar dispara

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - A moagem de cana do centro-sul do Brasil totalizou 42,2 milhões de toneladas segunda quinzena de maio, queda de 4,74% sobre o mesmo período da safra anterior, informou a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) nesta sexta-feira, mas a produção de açúcar disparou 36,2% na mesma comparação, com usinas focando na commodity devido às melhores condições de mercado.

A produção de açúcar na quinzena somou 2,548 milhões de toneladas, vindo abaixo das 2,6 milhões de toneladas projetadas pela pesquisa da S&P Global Platts.

A Unica afirmou que 245 unidades estavam em operação até dia 1 de junho, ante 248 em igual data do último ano. Disse ainda que, para a primeira quinzena de junho, a expectativa é de que 13 empresas iniciem o processamento na safra 2020/2021.

O volume fabricado de etanol no centro-sul somou 1,8 bilhão de litros na segunda quinzena, queda de 16,7% na comparação anual, uma vez que o setor está direcionando mais cana para o açúcar em detrimento do biocombustível, na comparação com 2019.

A proporção de cana direcionada ao adoçante alcançou 47,35% na quinzena, contra apenas 35,28% registrados na mesma data de 2019.

(Por Roberto Samora)

Últimas