Economia Muito do desconforto do mercado vem com fundo proposto em PEC dos Precatórios, diz Funchal

Muito do desconforto do mercado vem com fundo proposto em PEC dos Precatórios, diz Funchal

MACRO-FUNCHAL-PRECATORIOS:Muito do desconforto do mercado vem com fundo proposto em PEC dos Precatórios, diz Funchal

Reuters - Economia

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, afirmou nesta sexta-feita que muitas das dúvidas, desconforto e incertezas do mercado com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios vêm da proposta de criação do fundo que seria alimentado com venda de ativos da União.

O secretário indicou que, em conversas com agentes econômicos, o temor levantado foi de que o veículo poderia gerar furo maior no teto de gastos. Pelo texto, os recursos do fundo poderiam ser usados para abater dívida pública e antecipar o pagamento de precatórios parcelados.

Funchal, que falou em evento online promovido pelo Jota, reconheceu a turbulência recente nos preços de mercado em função das preocupações com o controle das contas públicas, mas procurou ressaltar que o governo segue comprometido com a responsabilidade fiscal, defendendo que a PEC na verdade harmoniza a obrigação de pagamento de precatórios com o teto, principal âncora fiscal do país.

"Regra do teto é tão importante que quando você coloca em dúvida ... olha o que está acontecendo com a percepção de risco", disse.

Últimas