R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 10/04/2013 às 00h30:

Alimentação poderá ser descontada do salário das domésticas

Nova lei também prevê descontos caso trabalhador durma na casa do patrão

Do R7

Publicidade

Os empregados domésticos que comem e dormem no trabalho terão que ficar atentos aos descontos previstos no salário de acordo com a nova legislação para esses trabalhadores.

Aprovada no início deste mês, a nova lei das domésticas permite que o patrão desconte do salário os valores gastos com alimentação e moradia desses funcionários.

O desconto poderá ser negociado entre o funcionário e o patrão, que deve ficar atento para que a redução não seja maior do que o próprio salário dos trabalhadores, o que seria trabalho escravo.  

Os empregadores também devem observar que qualquer hora feita a mais no expediente determinado terá que ser paga como extra. No caso da hora extra à noite, paga-se ainda um adicional noturno.

Ambos devem entrar em acordo para que a compensação das horas a mais seja feita com uma jornada menor em outro dia.

A nova legislação foi promulgada pelo Congresso na última terça-feira (2). Com a lei, o patrão passa a ter gastos extras imediatamente que ultrapassam os R$ 7.000 por ano.

O R7 ouviu especialistas para tirar as principais dúvidas de patrões e empregados. As questões foram respondidas pela consultora trabalhista e previdenciária da Crowe Horwath Brasil, Patrícia Araújo e os advogados do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista, Ana Karina Bloch Buso e Marcelo Mascaro Nascimento.

Confira os gastos extras do patrão
A partir de abril, empregadores terão que pagar salário, horas-extras, FGTS e outros benefícios
Direitos Profissionais Gastos
do patrão
Jornada Almoço Descanso
 
Hora extra Adicional
noturno
Dorme
no trabalho
Diaristas Alimentação
e moradia
Outros
benefícios

Veja Relacionados:  r7, economia, PEC, domésticas, direitos, trabalhador, mercado de trabalho, nova lei domésticas
r7  economia  PEC  domésticas  direitos  trabalhador  mercado de trabalho  nova lei domésticas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping