Nova revisão de estratégia de política deve ser feita daqui a 5 anos, diz Fed

Uma nova revisão de estratégia de política monetária deve ser feita pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano) daqui a cinco anos, disse nesta terça-feira a diretora da instituição Lael Brainard em webinar promovido pela Brookings Institution.

O Fed anunciou na última quinta-feira uma nova estratégia para apoiar a economia do país. Agora, a autoridade vai permitir à inflação romper a meta de 2%, como forma de compensar o período em que rodou abaixo disso, como o atual.

"A curva de Phillips plana (vista hoje) permite expansão do emprego sem pressão inflacionária", afirmou a diretora, ao justificar a mudança de postura do BC. "Se revisão de estratégia tivesse sido feita antes, ganhos seriam maiores", disparou Brainard.

Com a fala, a diretora se une à corrente que viu como precipitada a alta dos juros básicos americanos, em 2018.

Por outro lado, a dirigente reconhece que a retomada econômica no país, apesar de auxiliada com a nova estratégia do Fed, pode ser lenta. "Deve levar algum tempo para inflação voltar para mais perto da meta de 2%", afirmou, no evento virtual. "O ritmo de melhora do emprego, vista em maio e junho, parece ter desacelerado", acrescentou.