ONS reduz projeção de carga de energia em abril e vê queda de 12,5% por coronavírus

ENERGIA-CHUVAS-CARGA:ONS reduz projeção de carga de energia em abril e vê queda de 12,5% por coronavírus

SÃO PAULO (Reuters) - A carga de energia do sistema elétrico interligado do Brasil deverá recuar 12,5% em abril quando na comparação com mesmo mês do ano passado, projetou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em meio a impactos de medidas contra o coronavírus sobre a demanda.

A nova projeção, em boletim divulgado nesta sexta-feira, reduz as perspectivas frente à semana anterior, quando o órgão do setor elétrico apontava estimativa de recuo de 9,4% na carga.

A redução na demanda por eletricidade deve ser puxada pelas regiões Sudeste e Centro-Oeste, onde a carga deve recuar 14% neste mês, e pelo Sul, onde a queda é projetada em 12,9%.

No Nordeste e no Norte, a demanda deve ver retração de 9,5% e 7,3% na comparação anual, segundo o ONS.

O órgão do setor de energia ainda projetou que as chuvas na região das hidrelétricas do Sudeste e do Nordeste deverão atingir em abril 86% e 98% da média histórica, respectivamente.

Já a região Sul, que sofre uma forte seca, tem precipitações na área das usinas estimadas em apenas 17% da média histórica.

(Por Luciano Costa)