Economia Otimismo do setor de serviços alcança maior nível desde outubro

Otimismo do setor de serviços alcança maior nível desde outubro

Terceira alta consecutiva da confiança do segmento ocorre com a melhor percepção atual dos resultados e evolução favorável das expectativas, aponta FGV

  • Economia | Do R7

Índice de Confiança de Serviços está em 98,3 pontos

Índice de Confiança de Serviços está em 98,3 pontos

Pxhere

O ICS (Índice de Confiança de Serviços) subiu 2,1 pontos em maio e atingiu 98,3 pontos, o maior patamar desde outubro de 2021 (99,1 pontos), segundo dados divulgados nesta segunda-feira (30) pela FGV (Fundação Getulio Vargas). Na análise trimestral, o índice segue a tendência positiva ao subir 3 pontos.

Rodolpho Tobler, economista do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), afirma que a alta da confiança no mês foi, mais uma vez, influenciada tanto pela melhora na percepção do volume de serviços quanto pela evolução favorável das expectativas.

"A curto prazo, ainda é possível imaginar uma continuidade da trajetória positiva com a liberação de recursos que podem estimular a demanda, recuperando assim as perdas ocorridas ao longo da pandemia. A médio e longo prazo, o ambiente macroeconômico desfavorável parece ser um fator impeditivo”, avalia ele.

A alta do ICS atingiu nove dos 13 segmentos pesquisado e foi influenciada tanto pela melhora na avaliação das empresas sobre a situação atual quanto pelas perspectivas para os próximos meses. O ISA-S (Índice de Situação Atual) avançou 2,1 pontos, para 98,1, o maior nível desde dezembro de 2013 (99,1 pontos). Já o IE-S (Índice de Expectativas) subiu 1,9 ponto, para 98,5, o maior nível desde dezembro de 2021 (98,7 pontos).

Últimas