Economia Para Casa Branca, todos os sinais apontam para recuperação da economia em 'V'

Para Casa Branca, todos os sinais apontam para recuperação da economia em 'V'

Apesar da alta no número de pedidos de auxílio-desemprego ter surpreendido negativamente, o diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, ainda estima que o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos crescerá 20% no segundo semestre de 2020. "Todos os sinais apontam para uma recuperação em formato de 'V'", afirmou, em entrevista à Fox Bussiness.

Kudlow admitiu que o coronavírus ainda representa um risco para a atividade econômica americana, mas citou uma série de indicadores que apontam para a melhora no varejo, na indústria e no mercado imobiliário. "Os números de maio, junho e julho têm sido espetaculares", caracterizou.

Sobre novos estímulos fiscais, o diretor destacou que o governo quer repassar recursos para escolas e para os correios, além de garantir benefício adicional a desempregados.

No entanto, ele ponderou que não pretende concordar com a proposta dos democratas de um pacote de US$ 3,5 trilhões. "Isso não vai acontecer", disse.

Últimas