Economia Parceria viabiliza distribuição de gás a 300 mil famílias carentes

Parceria viabiliza distribuição de gás a 300 mil famílias carentes

Investimento é de R$ 30 milhões, do total de R$ 300 milhões aprovados para ser aplicados em doação de gás de cozinha

Agência Estado
Governo federal sancionou lei que prevê o auxílio-gás para a população de baixa renda

Governo federal sancionou lei que prevê o auxílio-gás para a população de baixa renda

Divulgação/ANP


A Petrobras, a Fundação Banco do Brasil e a distribuidora Vibra Energia (ex-BR) firmaram uma parceria nesta segunda-feira (20), juntamente com outras empresas, para pôr em prática o programa da petrolífera de doação de botijões de 13 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha, a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Até agora foi definido o investimento de R$ 30 milhões, do total de R$ 300 milhões aprovados para ser aplicados em doação de gás de cozinha a famílias carentes até o fim do próximo ano.

A parceria firmada nesta segunda-feira faz parte da campanha solidária Brasileiros pelo Brasil, realizada pela Fundação Banco do Brasil, que adquire produtos da agricultura familiar para distribuição de cestas de alimentos a famílias em todas as regiões do país. Agora, a campanha passou a contemplar também a entrega de um auxílio a cerca de 210 mil famílias em 2021 para a aquisição de um botijão de GLP.

"Somos sensíveis às demandas sociais. O que afeta a sociedade também nos afeta. Dentro dos limites legais, contribuímos com o que nos é possível", disse o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna. "Junto com a Fundação Banco do Brasil, a Vibra e outros parceiros, queremos ser catalisadores desta iniciativa e estimular que outras empresas também participem", complementou.

Além da parceria com a Fundação Banco do Brasil, a Petrobras, em conjunto com instituições que integram o Programa Petrobras Socioambiental, atua na distribuição do auxílio a até 90 mil famílias que vivem em comunidades próximas às operações da empresa. Com isso, 300 mil famílias serão beneficiadas até o fim deste ano.

Últimas