Economia Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA vão ainda mais abaixo de 500 mil

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA vão ainda mais abaixo de 500 mil

MACRO-EUA-AUXOLIO:Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA vão ainda mais abaixo de 500 mil

Reuters - Economia

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu ainda mais abaixo de 500 mil na semana passada, sugerindo que o crescimento do emprego acelerou este mês, embora as empresas ainda estejam desesperada por trabalhadores.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 444 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 15 de maio, contra 478 mil na semana anterior, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Foi a leitura mais baixa desde meados de março de 2020.

Economistas consultados pela Reuters projetavam 450 mil pedidos na última semana. As solicitações permanecem bem acima da faixa de 200 mil a 250 mil considerada como consistente com um mercado de trabalho saudável. Elas recuaram de um recorde de 6,149 milhões no início de abril de 2020.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Últimas