Peritos médicos do INSS vão fazer inspeção e podem retomar serviço

O secretário de Previdência afirmou que o servidor que não voltar a partir desta segunda-feira (21) terá os dias descontados do salário

Parte das agências reabertas só atende com hora marcada

Parte das agências reabertas só atende com hora marcada

PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os peritos médicos vão fazer inspeções por conta própria nas agências do INSS a partir desta segunda-feira (21) para voltar ao atendimento presencial. Segundo a A ANMP (Associação Nacional dos Médicos Peritos), as agências consideradas aptas serão imediatamente liberadas para a categoria retornar ao trabalho.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirmou que os servidores que não retornarem a partir desta segunda-feira terão os dias descontados de seus salários. O impasse entre a categoria e o governo afeta quase 800 mil pessoas que necessitam do atendimento, muitas vezes com urgência.

Desde a reabertura de parte das agências na segunda-feira passada (14), os peritos têm se recusado a retomar o trabalho, alegando falta de segurança nos consultórios.

Segundo Bianco, as agências que foram liberadas a funcionar foram vistoriadas e atendem aos protocolos de segurança contra a covid-19, tanto de adequação do espaço físico como dos equipamentos exigidos para a segurança no atendimento.

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho publicou na sexta-feira (18) edital de convocação para que os servidores retomem os atendimentos de forma imediata nas unidades listadas na publicação. 

Volta do atendimento

Após quase 6 meses fechadas por causa da pandemia de coronavírus, mais de 500 agências no país começaram a funcionar na segunda-feira passada com agendamento prévio e medidas de proteção, como uso de máscaras. As unidades podem ser consultadas no site covid.inss.gov.br.

Para evitar aglomeração, as agências vão atender apenas segurados agendados previamente e em horário reduzido, das 7h às 13h. Serão priorizados os seguintes atendimentos: avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.