Economia Pesquisa aponta que consumidor paulistano está mais cauteloso

Pesquisa aponta que consumidor paulistano está mais cauteloso

Com relação a igual mês do ano passado, houve queda de 10,4%

  • Economia | Da Agência Brasil

Com relação à renda atual (141,5 pontos) houve alta de 2,4%

Com relação à renda atual (141,5 pontos) houve alta de 2,4%

Lifesize/Getty Images

Os consumidores da capital paulista demonstraram, em outubro, maior interesse em ir às compras do que em setembro, com alta de 1,2%. Esse avanço, entretanto, foi menor do que o registrado entre agosto e setembro (2,7%), como aponta o índice de ICF (Intenção de Consumo das Famílias) da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). Com relação a igual mês do ano passado, houve queda de 10,4%.

A FecomercioSP explicou que esse avanço está associado às compras de Natal. Quatro dos sete itens apurados indicam aumento, com destaque para perspectiva profissional (137,4 pontos) e perspectiva de consumo (123,5 pontos), ambos com elevação de 6,2%. Com relação à renda atual (141,5 pontos) houve alta de 2,4%, e acesso ao crédito (140,7 pontos), crescimento de 0,2%.

No quesito momento para duráveis, foi verificada queda de 4% (115,5 pontos); emprego atual caiu 2,8% (124,7 pontos) e o nível de consumo atual ficou praticamente estável, ao recuar 0,2% (94,2 pontos).

Confiança do empresário do comércio recua em novembro

Pelo sexto mês consecutivo, as famílias com renda inferior a dez salários mínimos demonstraram maior satisfação com a renda, em comparação às que têm ganhos superiores a esse teto, com 127 pontos ante 120,6 pontos. Sobre outubro do ano passado, todos os itens indicaram queda, entre eles o que se refere ao momento para duráveis (-21,1%); nível de consumo atual (-16,7%) e emprego atual (-10,6%).

Leia mais notícias sobre Economia

Últimas