Petrobras: 20 mil testes foram realizados em empregados para detectar covid-19

A Petrobras realizou 20 mil testes para diagnóstico de Covid-19 entre seus trabalhadores, considerando próprios e terceirizados. Os testes fazem parte das medidas de segurança utilizadas pela empresa para conter o avanço da doença.

Os terceirizados são incluídos porque os testes na triagem funcionam como barreira ao contágio nas unidades produtivas. Nas plataformas marítimas, o ambiente é propício à contaminação, porque a maior parte dos espaços é compartilhada.

O Ministério de Minas e Energia divulgou no último dia 25 que 181 empregados próprios da estatal estavam contaminados e em quarentena naquela data. Esse número diz respeito exclusivamente aos funcionários próprios, que somam 46,4 mil. O último boletim que incluía os terceirizados foi divulgado no dia 4 de maio, quando havia 806 contaminados e em quarentena, de um universo total de 151 mil trabalhadores.

"O acompanhamento de casos vigentes permite observar que as medidas estão surtindo efeito. Além de aprimorar o diagnóstico, os testes formam uma barreira preventiva, já que conseguimos identificar na triagem pessoas assintomáticas com o Covid-19, evitando a entrada em nossas unidades e possibilitando aprimorar a atenção à saúde dessas pessoas, que é nossa prioridade", afirmou o gerente geral de Saúde Ocupacional, Marcos Marinho, em comunicado divulgado pela empresa.