Economia Petrobras recebe oferta da Excelerate Energy de arrendamento do terminal de GNL na Bahia

Petrobras recebe oferta da Excelerate Energy de arrendamento do terminal de GNL na Bahia

ENERGIA-PETROBRAS-TERMINAL-GNL:Petrobras recebe oferta da Excelerate Energy de arrendamento do terminal de GNL na Bahia

Reuters - Economia

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras recebeu oferta da norte-americana Excelerate Energy de arrendamento do Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) da Bahia (TR-BA) e instalações associadas, segundo informações publicadas no site da companhia.

Na proposta, única a ser recebida pela petroleira estatal, a norte-americana ofereceu o pagamento de cerca de 3 milhões de reais por mês, ou um total de 92,142 milhões de reais em 30 meses.

Com sede no Texas, a Excelerate Energy é uma empresa de GNL, que fornece serviços integrados ao longo de toda a cadeia de valor do insumo, segundo informações do site da empresa.

O avanço na licitação ocorre enquanto a Petrobras eleva importações de GNL para atender térmicas, diante de uma grave crise hidrológica, após o país ter registrado a pior estação chuvosa para as hidrelétricas em mais de 90 anos.

Foi o segundo processo licitatório do TR-BA. Na licitação anterior, a Petrobras terminou por desclassificar proposta apresentada pela Golar Power, depois de ter alterado o Grau de Risco de Integridade (GRI) da companhia.

A nova licitação foi restrita às empresas pré-qualificadas no âmbito da Convocação de Pré-Qualificação, conforme informou a petroleira anteriormente.

O TR-BA consiste em um píer tipo ilha com todas as facilidades necessárias para atracação e amarração de um navio FSRU (Floating Storage and Regasification Unit).

A transferência de GNL é feita diretamente entre o FSRU e o supridor na configuração "side by side".

A vazão máxima de regaseificaçãodo TR-BA é de 20 milhões de metros cúbicos por dia. O gasoduto integrante do terminal possui 45 km de extensão e 28 polegadas de diâmetro, interligando o TR-BA a dois pontos de entrega.

O FSRU não faz parte do processo de arrendamento do TR-BA.

(Por Marta Nogueira)

Últimas