PIB do Chile recua 14,1% no 2º trimestre na comparação anual

O Produto Interno Bruto (PIB) do Chile registrou queda de 14,1% no segundo trimestre, na comparação com igual período do ano passado, informou nesta terça-feira, 18, o Banco Central do país. Em relatório, a instituição lembra que o resultado é influenciado pelo choque da covid-19 e pelas restrições à mobilidade impostas para conter a disseminação da doença.

Os setores mais afetados foram serviços pessoais, comércio, transporte, construção, restaurantes e hotéis, a indústria manufatureira e serviços empresariais, diz o documento. Nesse quadro, houve menor consumo das famílias e menor investimento, comenta ainda.

Na série com ajustes sazonais, o PIB chileno caiu 13,2% no segundo trimestre ante o primeiro.

O BC chileno alerta que os dados podem estar sujeitos a revisões maiores do que as normais, em um cenário de dificuldade para coletar todas as informações necessárias para elaborar o PIB por causa da pandemia.