Economia Portuguesa Galp eleva perspectiva de resultados após forte lucro no 3º tri

Portuguesa Galp eleva perspectiva de resultados após forte lucro no 3º tri

GALP-ENERGIA-RESULTADOS:Portuguesa Galp eleva perspectiva de resultados após forte lucro no 3º tri

Reuters - Economia

Por Sergio Goncalves

LISBOA (Reuters) - A petroleira portuguesa Galp Energia elevou nesta segunda-feira suas perspectivas de resultados para 2021, após os preços do petróleo mais elevados e as margens de refino positivas terem impulsionado a rentabilidade da empresa no terceiro trimestre.

A Galp informou que o Ebitda, neste ano como um todo, deverá ultrapassar 2,3 bilhões de euros (2,7 bilhões de dólares), em comparação com sua previsão anterior de 2 bilhões de euros.

A empresa registrou um lucro líquido ajustado maior do que o esperado no terceiro trimestre de 161 milhões de euros, ante prejuízo líquido de 23 milhões um ano antes. Os analistas previam um lucro líquido de 144 milhões de euros, de acordo com uma média de 22 previsões compiladas pela Galp.

O Ebitda ajustado do trimestre aumentou 51% para 607 milhões de euros, um pouco abaixo dos 619 milhões de euros previstos. O Ebitda ajustado do upstream aumentou 73% para 522 milhões de euros, apesar de uma queda de 4% na produção de petróleo e gás.

O presidente-executivo, Andy Brown, disse em uma teleconferência que "os resultados operacionais trimestrais foram robustos, capturando o (cenário) macro melhor, ou seja, preços mais altos do Brent e margens de refino melhoradas... e o Ebitda já está nos níveis pré-Covid."

Os preços do petróleo Brent subiram para uma média de 73,4 dólares por barril no terceiro trimestre, ante 42,9 dólares um ano antes, apoiados por uma recuperação econômica global e a perspectiva de maior demanda por combustível.

A Galp informou que as vendas de produtos refinados a clientes diretos aumentaram 15% para 1,8 milhão de toneladas, refletindo a recuperação gradual na Península Ibérica.

A empresa também disse que sua margem de refino se recuperou para 4,00 dólares o barril no terceiro trimestre, de uma margem negativa de 0,70 dólar no mesmo período do ano passado.

Últimas