Economia Postergação de precatórios não é redução de despesas e reação do mercado foi um sinal, diz Funchal

Postergação de precatórios não é redução de despesas e reação do mercado foi um sinal, diz Funchal

MACRO-FUNCHAL-PROGRAMA:Postergação de precatórios não é redução de despesas e reação do mercado foi um sinal, diz Funchal

Reuters - Economia

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário do Tesouro, Bruno Funchal, afirmou nesta terça-feira que o mercado deu um "sinal muito claro" em sua reação à proposta de lideranças do governo no Congresso de financiar o Renda Cidadã com uma limitação ao pagamento anual de precatórios.

O secretário frisou que a solução apresentada não constitui redução de despesas, mas postergação de pagamento, e pontuou, em coletiva de imprensa, que a curva de juros subiu e a bolsa caiu na segunda-feira em reação a disso.

"Tanto a proposta quanto os sinais emitidos pelo mercado têm que ser levados em consideração daqui em diante", afirmou ele.

"Essa foi solução política apresentada, agora cabe a nós mostrar o que significa isso", acrescentou.

(Por Marcela Ayres)

Últimas