Preço de venda de imóveis residenciais sobe 0,20% em abril

Índice FipeZap foi calculado durante o primeiro mês completo de distanciamento social por conta da covid-19; alta em 2020 é de 0,69%

Índice monitora preços de imóveis em 50 cidades brasileiras, sendo 16 capitais

Índice monitora preços de imóveis em 50 cidades brasileiras, sendo 16 capitais

Montagem/R7

Contrariando expectativas baseadas no comportamento da inflação (com viés de baixa, segundo o Banco Central), o preço médio de venda de imóveis residenciais apresentou alta nominal de 0,20% em abril. É o que aponta o ÍndiceFipeZap.

A pesquisa é feita em 50 cidades brasileiras e apresentou resultado próximo ao observador no mês anterior (+0,18%). Individualmente, dentre as 16 capitais pesquisadas, as que apresentaram maior elevação de preço médio no último mês foram Curitiba (+0,98%), Florianópolis (+0,94%) e Campo Grande (+0,57%).

Na outra ponta, João Pessoa exibiu o maior recuo no preço médio entre as capitais monitoradas (-0,33%), sendo acompanhada por Fortaleza (-0,24%) e Recife (0,21%).

São Paulo apresentou alta de 0,21% em abril, superando o Rio de Janeiro, onde a alta mensal registrada foi de 0,15%.

Ao final do quarto mês deste ano, o ÍndiceFipeZap acumulou alta nominal de 0,69%, ante inflação de 0,36% projetada para o período pelo Boletim Focus do Banco Central do Brasil.