Prefeitura faz seleção de emprego para pessoas trans nesta quarta

As oportunidades, nas áreas do comércio e de serviços, com salários entre R$ 761 e R$ 2.000, atraíram mais de 900 pessoas

As equipes do Cate estão seguindo as recomendações dos órgãos de saúde

As equipes do Cate estão seguindo as recomendações dos órgãos de saúde

Reprodução / Record TV

O Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) da Prefeitura de São Paulo recebe cerca de 200 candidatos para a segunda etapa do processo seletivo para 780 vagas exclusivas para o público transexual.

Leia também: Brasil abre 131 mil vagas de trabalho com carteira em julho

As oportunidades, nas áreas do comércio e de serviços, com salários entre R$ 761 e R$ 2.000, atraíram mais de 900 pessoas. O Contata SP Transcidadania é uma parceria das Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e de Direitos Humanos e Cidadania.

As inscrições ocorreram nos dias 17, 18 e 19 de agosto, por meio online. As pessoas selecionadas pelas equipes do Cate para a segunda etapa irão realizar a entrevista presencial na unidade Central nesta quarta. Para participar, é necessário levar o currículo atualizado. Uma nova turma com aproximadamente 100 pessoas, será atendida na quinta-feira (27), também para uma rodada de entrevistas.

O processo seletivo acontecerá em quatro horários (10h, 12h, 14h e 16h) para evitar aglomeração. As equipes do Cate estão seguindo as recomendações dos órgãos de saúde para o distanciamento social e também irão distribuir máscaras, caso o participante compareça sem a proteção. No local também será disponibilizado álcool em gel a fim de evitar o contágio pelo coronavírus.     

Do total de candidatos do processo seletivo, 310 foram de homens transexuais, 426 de mulheres transexuais, 113 de travestis e 106 se reconhecem com outras identidades. Por volta de 69% dos inscritos possuem o ensino médio completo ou em andamento. Os demais candidatos estão cursando ou já concluíram o ensino superior. Por volta de 70 candidatos têm o nível fundamental como escolaridade.