Economia Presidente do BC argentino diz que acordo de dívida deve reduzir diferença entre taxas do peso

Presidente do BC argentino diz que acordo de dívida deve reduzir diferença entre taxas do peso

MACRO-ARGENTINA-BC:Presidente do BC argentino diz que acordo de dívida deve reduzir diferença entre taxas do peso

Reuters - Economia

Por Eliana Raszewski

BUENOS AIRES (Reuters) - O recente acordo de reestruturação da dívida da Argentina com os credores deve ajudar a reduzir a grande diferença entre a taxa de câmbio oficial do peso e a taxa do mercado paralelo, disse o presidente do banco central do país, Miguel Ángel Pesce, nesta terça-feira.

Pesce, em uma conferência virtual, chamou a atual taxa de câmbio do peso, que tem sido sustentada por medidas de controle cambial desde o ano passado, de "competitiva" e disse não esperar que mais controles sejam necessários.

A taxa de inflação da Argentina também deve continuar desacelerando em 2021, acrescentou Pesce.

Últimas