Economia Procon multa empresa por anúncio em live sertaneja em R$ 212 mil

Procon multa empresa por anúncio em live sertaneja em R$ 212 mil

Vale Sorte foi autuada por vender títulos de capitalização para angariar doações, levando consumidor a um site sem informações obrigatórias

  • Economia | Do R7

A dupla Simone e Simaria

A dupla Simone e Simaria

Reprodução/Instagram

O Procon de São Paulo multou a empresa Vale Sorte em R$ 212,7 mil por um anúncio irregular em uma apresentação live da dupla Simone e Simaria. A avaliação é que a empresa, que atua na intermediação de venda de títulos de capitalização da modalidade filantropia premiável da empresa Aplub Capitalização S/A., veiculou publicidade enganosa.

De acordo com o Procon, a Vale Sorte veiculou publicidade para angariar doações para o Hospital do Câncer de Londrina (PR), usando como atrativo premiações em dinheiro e veículos.

Essas doações eram formalizadas por meio da aquisição de títulos de capitalização, remetendo o consumidor a um site que não disponibilizava o regulamento do negócio. Por deixar de informar dado essencial do serviço, a prática configura publicidade enganosa por omissão, segundo o órgão estadual.

Procon registra 82 mil reclamações de vendas online em SP

As cláusulas abusivas identificadas pela fiscalização do Procon são: conceder ao fornecedor a alteração unilateral do conteúdo do contrato e exonerá-lo de sua responsabilidade na ocorrência de eventual vazamento de dados e, ainda, por colocar o consumidor em desvantagem exagerada por não garantir os pagamentos processados pela administradora do cartão e nem responder por falhas na operação por essa modalidade.

O R7 procurou a empresa Vale Sorte para comentar o fato, mas ainda não obteve retorno.

Últimas