Economia Projeto que privatiza Eletrobras fica para depois da eleição, diz relator

Projeto que privatiza Eletrobras fica para depois da eleição, diz relator

Texto que tramita na Câmara dos Deputados autoriza a estatal a lançar novas ações no mercado para diminuir a participação do governo na companhia

Projeto de privatização da Eletrobras fica para depois da eleição, diz relator

Governo autorizou privatização em dezembro

Governo autorizou privatização em dezembro

Ueslei Marcelino/Reuters - 31.08.2017

O projeto de lei que autoriza a privatização da Eletrobras será analisado depois das eleições de outubro, após a eleição do próximo presidente da República, disse nesta quarta-feira (4) o relator da proposta na Câmara, deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Aleluia já apresentou seu relatório na comissão onde tramita a proposta desde maio, mas ainda não analisou as emendas apresentadas pelos parlamentares no colegiado.

“Certamente um presidente eleito vai ter condições de decidir sobre o que fazer com ela”, disse Aleluia, de acordo com a Agência Câmara Notícias.

O parecer do relator segue a estrutura do projeto enviado pelo governo ao Congresso. O texto autoriza a empresa a lançar novas ações no mercado para diminuir a participação do governo federal na companhia.

    Access log