Economia Publicada MP que amplia margem para concessão de consignado

Publicada MP que amplia margem para concessão de consignado

Aposentados e pensionistas do INSS podem requerer empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício no mês

  • Economia | Da Agência Brasil

MP foi assinada por Bolsonaro

MP foi assinada por Bolsonaro

André Melo Andrade/ Myphoto Press/ Estadão Conteúdo - 25.09.2020

O Diário Oficial da União publica, nesta sexta-feira (2), a MP (Medida Provisória) nº 1.006, de 1º de outubro de 2020, que amplia até 40% a margem para concessão de crédito consignado para beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A MP foi assinada nessa quinta-feira (1º) pelo presidente Jair Bolsonaro.

Atualmente, aposentados e pensionistas do INSS podem requerer empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício no mês, mais 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque.

Com a ampliação, os empréstimos poderão comprometer até 40% do valor do benefício, mais 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque.

Os novos limites devem valer para empréstimos concedidos até o dia 31 de dezembro deste ano, segundo o governo.

Por ser uma MP, as regras entram em vigor imediatamente e são enviadas à aprovação do Congresso Nacional.

Últimas