Novo Coronavírus

Economia Quase 2,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial

Quase 2,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial

Trabalhadores inscritos no CadÚnico e com conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa são os primeiros a receber

  • Economia | Giuliana Saringer, do R7

Aplicativo foi lançado na terça-feira (7)

Aplicativo foi lançado na terça-feira (7)

Wallace Martins/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 07.04.2020

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta quinta-feira (9) que quase 2,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial de R$ 600 destinado aos trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores individuais e população de baixa.

A primeira parcela do auxílio começou a ser paga nesta quinta para os brasileiros que eram inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) até 20 de março, que não são beneficiários do Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa. 

Quem não tem cadastro na plataforma precisa se inscrever no site do auxílio ou pelo aplicativo oficial, disponível para os sistemas Android e iOS desde terça-feira (7). 

Calendário de pagamento

Primeira parcela:

Dia 9 de abril, nesta quinta-feira

— Para pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal.

Dia 14 de abril, terça-feira da semana que vem

— Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos.

Em 5 cinco dias úteis, após inscrição pelo aplicativo

— Trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único e que devem se inscrever pelo aplicativo lançado pela Caixa (Clique aqui para se inscrever).

Últimos 10 dias últeis de abril

— Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa nos últimos 10 dias últeis do mês.

Segunda parcela:

Entre 27 e 30 de abril

— Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial. Na seguinte ordem:

- os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 27 de abril
- os nascidos em abril, maio e junho receberão em 28 de abril
- os nascidos em julho, agosto e setembro receberão o benefício em 29 de abril
- os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 30 de abril

— Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.

Terceira parcela:

Entre 26 e 29 de maio

— Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial, na seguinte ordem:

- os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 26 de maio
- os nascidos em abril, maio e junho receberão em 27 de maio
- os nascidos em julho, agosto e setembro receberão em 28 de maio
- os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 29 de maio

Últimos 10 dias úteis de junho

— Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa

Últimas