Receita recebeu 3.700 declarações do IR por minuto nas últimas horas

Faltando apenas 9 horas para o fim do prazo, 1.884.317 contribuintes ainda não transmitiram a declaração para a base de dados do FIsco

Prazo de entrega se encerra às 23h59 desta terça

Prazo de entrega se encerra às 23h59 desta terça

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Receita Federal recebeu 444.288 declarações do Imposto de Renda 2020 das 13h às 15h desta terça-feira (30), último dia para transmitir o documento sem pagar multa. O prazo se encerra às 23h59.

Os números apontam para o recebimento de, em média, mais de 3.700 documentos por minuto nas últimas duas horas.

De acordo com o Fisco, já foram enviadas 30.115.683 declarações até às 15h. A expectativa é de que 32 milhões de contribuintes enviem o documento dentro do prazo.

Leia mais: Faça a declaração do IR em meia hora para se livrar da multa

A Receita alerta que os contribuintes não deixem a entrega para última hora. Quem perder o prazo de a entrega fica sujeito ao pagamento de uma multa mínima de R$ 165,74. A penalidade pode chegar a 20% do valor do imposto devido.

A apresentação da declaração é obrigatória para todos os brasileiros que tiveram rendimentos tributáveis, tais como salários, aposentadoria e alugueis, superiores a R$ 28.559,70 ao longo de 2019.

Para os que deixaram a entrega para a última hora, contadores e auditores da Receita Federal orientam para a transmissão da declaração incompleta para evitar o pagamento da multa. A decisão, no entanto, requer o envio de uma retificação para incluir as pendências. A mesma recomendação vale a quem não conseguiu todos os documentos necessário para o preenchimento da declaração.

Neste ano, o prazo de entrega das declarações foi adiado do dia 30 de abril para o dia 30 de junho devido à pandemia do novo coronavírus.

Arte/R7