FGTS

Economia Saque aniversário do FGTS começa a ser pago em abril deste ano

Saque aniversário do FGTS começa a ser pago em abril deste ano

Trabalhadores interessados devem fazer adesão ao saque na Caixa e decisão impede movimentação do FGTS em caso de demissão

  • Economia | Giuliana Saringer, do R7

Calendário varia de acordo com mês de nascimento

Calendário varia de acordo com mês de nascimento

Bruno Rocha/ Fotoarena/ Estadão Conteúdo - 22.07.2019

O depósito do saque aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) começa em abril deste ano. Esta modalidade permite que o trabalhador saque uma parte do fundo todos os anos, no mês do aniversário. 

O calendário é determinado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador e os saques serão liberados até dezembro de 2020. Em 2021, os valores serão liberados de acordo com o mês do aniversário. 

É possível escolher o depósito para o 1º ou 10º dia do mês. Segundo a Caixa, a diferença é que, ao optar pelo 10º dia, a base de cálculo do valor a receber será acrescida de juros e atualização monetária do mês de saque.

Os valores ficarão disponíveis para saque por três meses, a contar do primeiro dia útil do mês de nascimento. Quem tem poupança ou conta corrente em qualquer banco pode solicitar o crédito em conta.

A adesão ao saque pode ser feita pelo site ou aplicativo da Caixa. 

A Caixa afirma que, ao optar pelo saque aniversário, o trabalhador não poderá sacar o valor total disponível em conta quando for demitido. No entanto, terá direito a multa rescisória, saques para a compra da casa própria, doenças graves, aposentadoria e outros casos já previstos em lei. 

Clique aqui para simular o valor disponível de saque aniversário

A migração para a modalidade saque aniversário não é obrigatória. Quem não comunicar à Caixa o interesse em migrar, permanecerá na regra de saque-rescisão, em que o trabalhador demitido sem justa causa, tem direito ao saque integral de sua conta do FGTS, acrescido de multa rescisória.

Veja o calendário do saque aniversário:

Fonte: Caixa Econômica Federal

Fonte: Caixa Econômica Federal

Arte/ R7

Os valores de saque variam de acordo com o saldo disponível nas contas do FGTS. 

Arte R7

Últimas