Economia Seis ex-secretários do Tesouro dos EUA fazem apelo por alta do teto da dívida, mas não Mnuchin

Seis ex-secretários do Tesouro dos EUA fazem apelo por alta do teto da dívida, mas não Mnuchin

MACRO-EUA-DIVIDA:Seis ex-secretários do Tesouro dos EUA fazem apelo por alta do teto da dívida, mas não Mnuchin

Reuters - Economia

WASHINGTON (Reuters) - Seis ex-secretários do Tesouro dos Estados Unidos fizeram apelo para que os líderes do Congresso norte-americano aumentem o limite da dívida federal sem demora, dizendo que um calote causaria "sérios danos à economia e à segurança nacional" e que protelar também seria prejudicial.

"Mesmo um calote de curta duração pode ameaçar o crescimento econômico. Isso cria o risco de turbulência dos mercados e de minar a confiança econômica, e impediria os norte-americanos de receberem serviços vitais", disseram os seis ex-secretários em carta divulgada pelo Tesouro. "Esse dano seria difícil de reparar."

A carta não foi assinada pelos ex-secretários do Tesouro republicanos Steven Mnuchin, John Snow nem James Baker. Os signatários foram os democratas Jacob Lew, Timothy Geithner, Lawrence Summers, Robert Rubin e Michael Blumenthal.

O ex-secretário republicano Henry Paulson também assinou.

(Por David Lawder)

Últimas