Economia Sem reformas, crescimento econômico sozinho não repara finanças de países da América Latina, alerta Fitch

Sem reformas, crescimento econômico sozinho não repara finanças de países da América Latina, alerta Fitch

MACRO-FITCH-LATAM:Sem reformas, crescimento econômico sozinho não repara finanças de países da América Latina, alerta Fitch

Reuters - Economia

(Reuters) - A retomada do crescimento econômico na América Latina não será suficiente para reparar as finanças públicas da região sem medidas fiscais estruturais, afirmou a agência de classificação de risco Fitch Ratings em relatório.

A agência explicou que a maior parte das perspectivas negativas atribuídas a quase metade dos ratings soberanos da América Latina é explicada pelos desafios fiscais impostos aos países da região.

A Fitch prevê crescimento real do PIB latino-americano de 4,6% em 2021, acima da taxa de 4,1% esperada no começo do ano. Em 2020, a economia da região tombou 6,7%.

"As perspectivas de recuperação são impulsionadas pela retomada da China, mais estímulos dos EUA e preços mais altos das commodities", disse a agência.

Últimas