Novo Coronavírus

Economia Seminário vai discutir recuperação judicial sob impacto da pandemia

Seminário vai discutir recuperação judicial sob impacto da pandemia

Evento organizado pelo IEJA terá transmissão pelo R7 nesta segunda-feira. Participam ministros do STJ, parlamentares e representantes da indústria e comércio 

Seminário vai discutir a recuperação judicial

Seminário vai discutir a recuperação judicial

Contábeis

A pandemia da covid-19 afetou milhares de empresas no país, deixando mais de 7 mil em situação de recuperação judicial, com uma dívida total de R$ 285 bilhões.

Para discutir este impacto e as soluções possíveis diante desse cenário, o Instituto de Estudos Jurídicos Aplicados (IEJA) promoverá nesta segunda-feira (14), o seminário "Recuperação Judicial no Brasil'. 

O evento será realizado das 10h às 12h, em formato presencial direto do edifício ION, em Brasília, e por videoconferência, com transmissão ao vivo pelo Portal R7 e pelo canal do IEJA no YouTube.

Serão dois painéis: o primeiro sobre o setor do agronegócio e o segundo sobre a indústria e os serviços.

Entre os participantes estão os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luis Felipe Salomão, Moura Ribeiro e Antonio Saldanha Palheiro, e de outros especialistas no tema.

Luis Felipe Salomão e Moura Ribeiro estarão no debate inicial, ao lado de representantes da Associação Brasileira do Agronegócio, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, além do deputado federal Evair de Melo, integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária da Câmara dos Deputados.

No segundo painel, o ministro Antonio Saldanha Palheiro participará do debate com o secretário-geral do Conselho Nacional do Ministério Público, Valter Shuenquener de Araújo; o desembargador Manoel de Queiroz Calças, ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo; o deputado federal Hugo Leal, relator do Projeto de Lei 6.229/2005, que reformula a Lei de Recuperação e Falência; e representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).​

A ministra Tereza Cristina será representada por Renato Buranello, diretor jurídico da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), membro da Câmara de Crédito do MAPA e do Conselho Superior do Agronegócio (COSAG) da Fiesp.

Seminário de recuperação judicial

Seminário de recuperação judicial

Divulgação

Últimas