Sentimento da zona do euro se recupera menos do que o esperado em maio

MACRO-EURO-CONFIANCA:Sentimento da zona do euro se recupera menos do que o esperado em maio

BRUXELAS (Reuters) - O sentimento econômico da zona do euro se recuperou menos do que o esperado em maio, quando os governos começaram a aliviar as restrições devido ao coronavírus, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, enquanto o humor nos setores de serviços e construção continuou a se deteriorar.

A pesquisa mensal da Comissão Europeia mostrou que o sentimento econômico nos 19 países que usam o euro melhorou a 67,5 pontos este ano da mínima recorde de 64,9 em abril, graças principalmente ao maior otimismo na indústria e entre os consumidores.

Economistas consultados pela Reuters esperavam um aumento para 70,3 em maio. O número de abril foi revisado para a mínima recorde após atualizações da confiança empresarial na França.

(Reportagem de Jan Strupczewski)