Imposto de Renda 2019
Economia Sistema inteligente beneficia quem preenche modelo completo do IR

Sistema inteligente beneficia quem preenche modelo completo do IR

Programa do Fisco aponta, em tempo real, o valor que será restituído ou pago de imposto em cada um dos modelos de declaração (simples ou completa)

Imposto de Renda

Contribuinte pode trocar modelo na hora da entrega

Contribuinte pode trocar modelo na hora da entrega

Eduardo Valente/Framephoto/Estadão Conteúdo - 20.04.2018

Os contribuintes que vão fazer a declaração do Imposto de Renda devem se atentar em preencher 100% do documento para não ter prejuízo ao enviar o documento para o sistema da Recita Federal.

"Sempre utilize a prática de preencher o modelo completo com todas as informações, porque o sistema é inteligente e faz você optar pelo sistema que é mais benéfico", explica João Altair Caetano dos Santos, conselheiro do CFC (Conselho Federal de Contabilidade).

A inteligência do sistema, citada por Caetano, leva em conta a informação em tempo real do valor que será restituído ou pago de imposto em cada um dos modelos de declaração.

No programa de computador, o box com os dados aparece no canto inferior esquerdo. "Ali, o contribuinte vai vendo qual vale mais a pena", afirma Daniel Nogueira, especialista em Imposto de Renda da Crowe Consultoria.

De acordo com Nogueira, o modelo completo vai sempre valer mais a pena para quem teve muitos gastos dedutíveis, como os de saúde e educação no ano. "Se o contribuinte teve muitas despesas dedutíveis no ano, vai valer mais a pena a completa. Por outro lado, se ele não tiver, pode usar a simplificada que já abate 20% da renda dele", orienta.

Arte/R7