Economia Status de livre de aftosa sem vacinação a mais Estados amplia mercados, diz ministra

Status de livre de aftosa sem vacinação a mais Estados amplia mercados, diz ministra

COMMODS-CARNE-MINISTRA:Status de livre de aftosa sem vacinação a mais Estados amplia mercados, diz ministra

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - Rio Grande do Sul, Paraná, Rondônia, Acre e parte de Amazonas e de Mato Grosso foram reconhecidos nesta quinta-feira pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) como áreas livres de febre aftosa sem vacinação, um status sanitário que deverá permitir a abertura de mais mercados para as carnes bovina e suína do Brasil, disse a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Os Estados se somam a Santa Catarina, que já tinha o status de livre de aftosa sem vacinação, lembrou a ministra, durante transmissão ao vivo pela internet.

Com a liberação dos outros Estados, cerca de 20% do território nacional fica livre de aftosa sem vacinação, o que permitirá que o Brasil abra novos mercados mais rigorosos, e que pagam mais pela carne, além de fortalecer o comércio com países que são clientes brasileiros.

Segundo a ministra, que classificou a decisão da OIE como um "marco", a responsabilidade do serviço de defesa agropecuária aumenta com reconhecimento de mais Estados como livres de aftosa sem vacinação.

Na véspera, o ministério já havia indicado a decisão da OIE.

(Por Roberto Samora)

Últimas