Economia Três erros frequentes irritam usuários do aplicativo Caixa Tem

Três erros frequentes irritam usuários do aplicativo Caixa Tem

Demora para entrar no sistema é comum desde que ele foi lançado; saldos apagados e calvário para pagar contas são outros transtornos

  • Economia | Do R7

Caixa Tem: prepare-se para perder a paciência

Caixa Tem: prepare-se para perder a paciência

ANDRE MELO ANDRADE/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os beneficiários do auxlílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo federal ou aqueles que já receberam o saldo de até R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) em 2020 estão sofrendo com o aplicativo que a Caixa criou para, teoricamente, facilitar o acesso ao dinheiro.

O app surgiu com o intuito de tornar virtual operações que teriam de ser feitas presencialmente, nas agências. O Caixa Tem evita aglomerações físicas, mas não as filas para utilizá-lo. Há inúmeros relatos nas redes sociais de pessoas que ficam dias tentando usar o dinheiro.

Leia mais: Caixa reconhece problema e diz que acesso foi normalizado

Três erros são os mais comuns, segundo os usuários. O primeiro é a demora para entrar no aplicativo. Inicialmente a fila de espera chegava a 10 minutos, mas, com o excesso de pessoas, passou a ser comum mensagens falando para eles voltarem horas depois para repetir a operação. Saldo também aparece em branco e é praticamente impossível pagar contas.

Não basta abrir o aplicativo para utilizá-lo. De cara, aparece o tempo que a pessoa precisa aguardar apenas para ver seus dados. 

Algumas vezes, após esperarem o tempo estipulado pelo aplicativo, recebem a desagradável mensagem de que o sistema está indisponível.

As esperas costumam demorar tanto que o bonequinho do app que ajuda a marcar o tempo que falta para a entrada no sistema já começa a se tornar próximo de alguns usuários bem humorados.

Pedidos de atualização depois de horas de um cansativo chá de cadeira também são um desafio para a paciência de qualquer brasileiro.

Se muitos levam com bom humor a dificuldade, a maior parte, no entanto, se mostra muito irritada com a impossibilidade de usar os recursos. 

Os que conseguem acessar o valor e decidem gastá-lo em compras presenciais ou virtuais se deparam com o maior dos aborrecimentos: pagar contas, uma vantagem do Caixa Tem que não funciona.

São tantas as falhas e travas no aplicativo que alguns usuários estão desistindo do método virtual e procurando as agências para conseguir usar o dinheiro que receberam. 

O que diz a Caixa

Em nota, a Caixa afirmou que o aplicativo Caixa Tem está disponível ininterruptamente 24 horas por dia, durante os sete dias da semana. "Devido à magnitude de acessos - de, em média, 500 mil usuários por hora - pode ocorrer intermitência momentânea em alguns serviços."

O banco informa ainda que os clientes e beneficiários estão conseguindo efetivar suas operações. "Na segunda-feira (6), mais de 4 milhões de usuários concluíram suas solicitações." No acumulado, diz o banco, foram pagos 17,7 milhões de boletos.

A Caixa diz ainda que tem "implementado melhorias no aplicativo, como a ampliação da validade da sessão de cada usuário durante 72 horas, o que evita a necessidade de nova fila virtual para acessar o Caixa Tem durante esse período".

Últimas