Trump diz esperar que EUA e China possam chegar a um acordo comercial

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou duramente as práticas comerciais da China nesta terça-feira em um discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no qual também disse esperar que as duas potências econômicas possam chegar a um acordo para encerrar sua disputa comercial.

Trump criticou uma ladainha do que chamou de "políticas comerciais desleais" da China. "(A China) adotou um modelo econômico dependente de enormes barreiras de mercado, pesados subsídios estatais, manipulação cambial... transferências forçadas de tecnologia e roubo de propriedade intelectual, além de segredos comerciais em grande escala", afirmou.

"No que diz respeito à América (EUA), esses dias acabaram."

(Por Jeff Mason e Steve Holland)