Economia Uber pede ao CDC vacinação antecipada de motoristas e entregadores

Uber pede ao CDC vacinação antecipada de motoristas e entregadores

TECH-UBER-VACINA:Uber pede ao CDC vacinação antecipada de motoristas e entregadores

Reuters - Economia

Por Tina Bellon

(Reuters) - A Uber na quinta-feira pediu ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos para classificar seus motoristas e entregadores como trabalhadores essenciais com direito à distribuição antecipada da vacina contra Covid-19.

A empresa, em uma carta ao Comitê Consultivo sobre Práticas de Imunização do CDC, disse que seus motoristas forneciam transporte essencial para trabalhadores essenciais e permitiam que outros ficassem em casa e pedissem comida.

"O acesso antecipado a uma vacina ajudaria os motoristas e as pessoas que realizam as entregas a continuar a desempenhar seu papel essencial, ao mesmo tempo que reduz o risco de contrair inadvertidamente, ou possivelmente transmitir, o vírus", dizia a carta, assinada pela chefe de assuntos federais da Uber, Danielle Rebarba.

Vários grupos de diferentes indústrias, incluindo produção de alimentos, agricultura, bens de consumo e transporte rodoviário, estão pedindo às autoridades que priorizem seus trabalhadores para a distribuição antecipada de vacinas.

Autoridades do governo dos Estados Unidos disseram que até 20 milhões de pessoas poderiam ser vacinadas até o final de 2020, mas que demoraria até meados de 2021 para que a maioria dos norte-americanos tivesse acesso a um imunizante.

Últimas