Economia Usuários enfrentam dificuldades na migração da Unimed Paulistana

Usuários enfrentam dificuldades na migração da Unimed Paulistana

Clientes se queixam da falta de informações sobre rede conveniada e aumento de preço

Usuários enfrentam dificuldades na migração da Unimed Paulistana

Unimed Paulistana foi obrigada pela ANS a transferir clientes

Unimed Paulistana foi obrigada pela ANS a transferir clientes

Divulgação

Quase 15 dias após o anúncio de que 150 mil beneficiários da Unimed Paulistana serão transferidos para três operadoras do Sistema Unimed, clientes ainda reclamam do andamento e da falta de informações durante o processo. Segundo a Unimed Paulistana, 94 mil já migraram para outros convênios e há 500 mil beneficiários que continuam tendo assistência da operadora.

Cliente da Unimed Paulistana há 15 anos, a publicitária Cristina Spada, de 36 anos, está entre os 155,3 mil beneficiários que serão recebidos pela Unimed Fesp, Unimed Seguros ou pela Central Nacional Unimed, mas não ficou satisfeita.

— Eu vou ser obrigada a migrar, mas o que estão oferecendo é muito inferior ao que eu tinha. Pagava R$ 350 e vou pagar R$ 100 a mais, mas com um terço a menos do atendimento anterior. Vou aceitar, porque não vou ter carência.

Cristina diz que ela e a filha de cinco anos são usuárias do plano e ela optou pela Unimed Fesp. — A minha sorte é que não estou precisando do plano agora, mas não quero mudar. Se eu mudar, fica R$ 680 para mim e para minha filha.

Na época da assinatura do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre o Sistema Unimed, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), Procon e os Ministérios Públicos Federal e Estadual, foi informado que as três operadoras teriam 20 dias para enviar informações sobre os planos para os clientes. O prazo termina na próxima semana. A transferência deveria ser feita em 30 dias.

Uma engenheira de 40 anos, que não quis se identificar, conta que tem um plano empresarial e ainda não tem informações sobre o plano futuro.

— A dificuldade maior é em relação às informações, canais para tirar dúvidas. Recebi um contrato com aumento de 21% no valor que eu pago, mas não tenho informações sobre a rede credenciada.

Em nota, a Unimed Paulistana informou que ainda está com 500 mil beneficiários e presta assistência aos clientes que têm dúvidas por meio de canais de comunicação.

Unimed Paulistana tem 30 dias para transferir todos os clientes para outra empresa

Auditoria

O relatório parcial de uma auditoria feita a pedido da atual diretoria da Unimed Paulistana constatou irregularidades da gestão anterior. A informação foi divulgada ontem em reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Planos de Saúde na Câmara Municipal de São Paulo.

O documento diz que foram constatadas "inconsistências nos faturamentos, dívidas", além de "quase R$ 100 milhões de impostos atrasados".

Paulo José Leme de Barros, ex-diretor presidente da Unimed Paulistana, diz que a antiga diretoria trabalhou para reerguer a operadora e, "se houve erros, eles foram administrativos". Ele afirma que não teve acesso aos resultados da auditoria.

— Solicitei por escrito e tive como resposta que só teria [acesso] mediante processo judicial.