Novo Coronavírus

Economia Varejista proíbe demissão sem justa causa por tempo indeterminado

Varejista proíbe demissão sem justa causa por tempo indeterminado

Iniciativa ocorreu junto ao fechamento de todas as lojas físicas da varejista de moda, no último dia 20, para conter a disseminação do coronavírus

Agência Estado
Comércio do centro de SP fecha durante quarentena para conter coronavírus

Comércio do centro de SP fecha durante quarentena para conter coronavírus

MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO

A varejista de moda, Lojas Renner, informou em comunicado publicado nesta quarta-feira (25), que tomou a decisão de não demitir colaboradores sem justa causa, por tempo indeterminado.

Leia mais: Gerente de UBS é preso por desviar vacinas contra gripe em Embu

A iniciativa ocorreu simultaneamente ao fechamento de todas as lojas físicas da varejista de moda, no último dia 20. A medida foi tomada em resposta à crise gerada pela pandemia de coronavírus (covid-19) no Brasil.

Leia mais: Em pandemia, cerca de 700 botijões de gás se esgotam em 2 horas

A empresa informa que, para os colaboradores que trabalham em loja, deu a orientação de compensar horas ou concedeu férias. "Os times administrativos estão, em quase sua totalidade, atuando em regime de home office. Os centros de distribuição e as centrais de atendimento funcionam com quadro reduzido, seguindo todas as medidas de segurança e higiene", informa a varejista.

Últimas