Venda da Keystone deve ser anunciada nas próximas semanas, diz Marfrig

SÃO PAULO (Reuters) - A venda da unidade norte-americana Keystone da Marfrig deve ser anunciada "no máximo" nas próximas semanas, afirmou o diretor financeiro da companhia brasileira de carne bovina, Eduardo Miron, nesta quarta-feira.

Segundo o executivo, a diretoria da companhia está nesta quarta-feira nos Estados Unidos tratando de negociações para a venda da unidade que fornece alimentos para redes de lanchonetes e restaurantes.

"Estamos fazendo nossa teleconferência de resultados (de segundo trimestre) aqui nos EUA e não no Brasil por causa do processo de negociação. Está avançando, pode acontecer a qualquer momento, nas próximas semanas no máximo", disse Miron em entrevista com jornalistas por telefone.

Ele, porém, se recusou a dar mais detalhes sobre os grupos com quem a Marfrig está negociando a unidade. No final de julho, fonte com conhecimento do assunto afirmou à Reuters que a Marfrig estava negociando com exclusividade com a norte-americana Tyson Foods sobre a Keystone.

None

(Por Alberto Alerigi Jr.)