Economia Venda de cimento tem leve alta em fevereiro, diz Snic

Venda de cimento tem leve alta em fevereiro, diz Snic

CONSTRUCAO-SNIC-FEVEREIRO:Venda de cimento tem leve alta em fevereiro, diz Snic

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização de cimento no Brasil em fevereiro somou 4,739 milhões de toneladas, alta de 1,4% sobre mesmo mês do ano passado, segundo dados informados nesta terça-feira pela associação que reúne os fabricantes do insumo, Snic.

Na comparação com o balanço de janeiro, as vendas de cimento em fevereiro subiram 4,4%. No bimestre, houve retração de 3,9% sobre um ano antes.

O indicador de venda por dia útil mostrou retração de 3,4% em fevereiro na comparação com mesmo mês de 2021, para 225,7 mil toneladas, levando o desempenho no bimestre a um recuo de 7,1%.

"Em razão desse complexo cenário somado ao aperto monetário, incerteza fiscal e política e outros vetores que apontam para o baixo crescimento, a indústria do cimento projeta um agravamento da performance da atividade ao longo do ano", afirmou o Snic em comunicado.

Em janeiro, a entidade estimou que o setor teria em 2022 crescimento em torno de zero, após alta de 6,4% nas vendas em 2021.

As vendas de cimento em fevereiro no Sudeste, maior região consumidora do insumo no país, caíram 1,4% na comparação com mesmo mês de 2021 e levaram a uma baixa de 7,6% no bimestre.

No Nordeste, segunda maior região consumidora, as vendas de fevereiro cresceram 3,4% sobre um ano antes, mas o resultado no acumulado dos dois primeiros meses do ano foi de baixa de 6,4%.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Últimas