Vendas de supermercados do Brasil crescem 7,1% em agosto, diz Abras

No acumulado de oito meses, alta real foi de 3,39% na comparação anual, segundo associação. Resultado é o maior no período desde 2014

Associação prevê um crescimento de 3% nas vendas dos supermercados em 2019

Associação prevê um crescimento de 3% nas vendas dos supermercados em 2019

Paulo Whitaker/Reuters

As vendas dos supermercados no Brasil em agosto cresceram 7,1% em relação ao mesmo período de 2018 e 4,25% sobre julho, informou nesta sexta-feira (4) a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), citando dados deflacionados.

De janeiro a agosto, o setor supermercadista apresentou crescimento real de 3,39% na comparação anual, segundo o levantamento.

Leia também: Agricultura suspende venda de 33 marcas de azeite de oliva fraudado

É o maior resultado acumulado no período desde 2014.

João Sanzovo Neto, presidente da Abras, destaca que o desempenho acumulado mostra que a economia brasileira está começando a reagir, mas ele ressaltou que ainda é preciso cautela em relação a uma nova projeção de vendas.

A Abras prevê um crescimento de 3% nas vendas em 2019.

Leia mais: Perspectiva para próximos meses é de melhora do consumo pelas famílias, diz CNC

Sanzovo Neto justifica o resultado afirmando que "embora as contratações formais tenham apresentado crescimento, infelizmente, a taxa de desemprego continua elevada, uma parte da população segue endividada.

A recuperação econômica, segundo ele, "está aquém do ideal, o que faz o consumidor ponderar seus gastos.

Leia ainda: Quase um quarto das famílias vive com menos de dois salários-mínimos

"Mas as nossas expectativas são boas para o final do ano, e os próximos meses serão decisivos para o setor supermercadista."