Educação Aplicação do Pisa é adiada para 2022 por conta da pandemia

Aplicação do Pisa é adiada para 2022 por conta da pandemia

Diante das dificuldades geradas pelo isolamento para combater a covid-19, a OCDE decidiu alterar a aplicação do exame que avalia estudantes 

Avaliação internacional de alunos é adiada

Avaliação internacional de alunos é adiada

Dirceu Portugal /Fotoarena/Folhapress – 06.05.2020

Como reflexo das dificuldades enfrentadas em função da pandemia da covid-19, os países-membros e associados da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) decidiram adiar a aplicação do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) 2021 para 2022 e do Pisa 2024 para 2025. Normalmente, os testes são aplicados a cada três anos.

O Progama avalia três domínios – leitura, matemática e ciências – em todas as edições. A cada edição, é avaliado um domínio principal, o que significa que os estudantes respondem a um maior número de itens dessa área do conhecimento.

O Pisa 2022 se concentrará em matemática, com um teste adicional de Letramento Financeiro, realizado desde 2015, e um teste inédito de Pensamento Criativo. Os preparativos para a avaliação estão em andamento em todos os países participantes. Já o Pisa 2025 se concentrará em ciências e irá incluir uma nova avaliação de língua estrangeira.

Os resultados do Pisa permitem que cada país avalie os conhecimentos e as habilidades dos seus estudantes em comparação com outros países, aprenda com as políticas e práticas aplicadas em outros lugares, bem como formule suas políticas e programas educacionais, visando melhorias na qualidade e na equidade dos resultados de aprendizagem.

Últimas