Enem 2019
Educação Confira as últimas orientações às vésperas do Enem

Confira as últimas orientações às vésperas do Enem

Estudantes vão encarar uma maratona de 90 questões de matemática e ciências da natureza em 5 horas de prova neste domingo (10)

Últimas orientações antes da segunda prova do enem

Enem: estudantes devem ficar atentos à caneta e desligar o celular

Enem: estudantes devem ficar atentos à caneta e desligar o celular

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Às vésperas da segunda prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) — exame será aplicado neste domingo (10) e contará com 90 questões de múltipla escolha de matemática e ciências da natureza — confira o que os estudantes devem fazer neste sábado.

Leia mais: Enem 2019: o que esperar do segundo dia de provas

Vale lembrar que, para este domingo, as regras permanecem as mesmas. A única caneta aceita, tanto para a redação quanto para assinalar as respostas no cartão, é a esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. O participante deve levar documento original com foto, de preferência RG.

Para quem faltou no primeiro dia do Enem o participante poderá fazer as provas no domingo. O boletim de desempenho individual, entretanto, terá somente as notas das provas realizadas e o Enem servirá apenas para autoavaliação do participante.

Leia mais: É hora de respirar e aliviar a tensão antes do Enem

Será eliminado o participante que deixar o telefone celular ou outro aparelho eletrônico emitir qualquer som durante a prova, mesmo que o item esteja desligado e no envelope porta-objetos lacrado. Durante a prova, o participante deverá manter, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva.

Os lanches não precisam estar em embalagens transparentes, mas serão vistoriados no dia da prova. Outra inovação é a folha de rascunho para cálculos no final do caderno de questões. Neste ano, o chefe de sala vai fazer a coleta da biometria no cartão-resposta com um coletor de digital.

Reaplicação

Quem não realizou o exame por problemas logísticos poderá solicitar a reaplicação. Atenção, para o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), problemas logísticos são casos excepcionais, como desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural) ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que incorra em comprovado prejuízo ao participante.

Leia mais: Inep analisará pedido de estudante que se sentiu prejudicado no Enem

O pedido de reaplicação poderá ser feito entre os dias 11 e 18 de novembro, por meio da Página do Participante. A solicitação não significa direito à reaplicação. Os casos serão avaliados, individualmente, pela Comissão de Demandas do Inep. O resultado da solicitação poderá ser consultado, também, na Página do Participante. A reaplicação do Enem 2019 irá acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro, para quem tiver o pedido aprovado.