Enem 2019
Educação Cronograma do Enem está mantido, garante novo presidente do Inep

Cronograma do Enem está mantido, garante novo presidente do Inep

Alexandre Ribeiro Pereira Lopes disse que os mais de 5 milhões de estudantes já inscritos no exame "podem ficar tranquilos"

enem 2019

Enem deste ano está marcado para 13 de novembro

Enem deste ano está marcado para 13 de novembro

Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress

O cronograma do Enem (Exame Nacional do Ensino Nacional do Ensino Médio) está mantido, de acordo com o novo presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Ribeiro Pereira Lopes.

"Os mais de 5 milhões de estudantes que já se inscreveram no Enem podem ficar tranquilos. O cronograma está mantido e tanto o Inep quanto o Ministério da Educação vão trabalhar juntos para que tudo ocorra com tranquilidade, para que o exame seja aplicado este ano dentro da normalidade", disse em vídeo divulgado no início da tarde de hoje (17) pelo MEC. 

Lopes foi indicado para o cargo após a demissão de Elmer Coelho Vicenzi. Ele é o quarto presidente da autarquia desde janeiro deste ano. O cargo foi ocupado até o início de janeiro por Maria Inês Fini, que presidiu o Inep durante o governo de Michel Temer. 

O cargo foi ocupado, em seguida, por Marcus Vinicius Carvalho Rodrigues, que foi substituído por Vicenzi. Após as trocas, Lopes buscou, na mensagem, tranquilizar servidores e estudantes.

"O Inep é muito importante. Queremos tranquilizar os servidores do Inep, tranquilizar os estudantes. A gente vem procurar somar junto com a equipe do MEC. Quero trazer essa experiência de gestão em vários órgãos para o Inep para que a gente consiga cumprir a nossa missão institucional com sucesso", diz. 

No vídeo, Lopes diz ainda que a aplicação do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) também está mantida. O exame concede certificação do ensino fundamental e médio a estudantes que não concluíram o período escolar na idade adequada. As inscrições começam no próximo dia 20 e a aplicação será no dia 25 de agosto. 

A portaria de nomeação de Lopes ainda não foi publicada do Diário Oficial da União, tampouco a exoneração de Vicenzi.