Enem 2021

Educação Deputados da oposição pedem saída do presidente do Inep no TCU 

Deputados da oposição pedem saída do presidente do Inep no TCU 

Eles também protocolaram um pedido de auditoria permanente no instituto após as demissões em massa e denúncia de assédio

Presidente do Inep Danilo Dupas presta esclarecimentos na Câmara dos Deputados

Presidente do Inep Danilo Dupas presta esclarecimentos na Câmara dos Deputados

Reprodução

Deputados de oposição se reuniram com a presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministra Ana Arraes, para pedir a saída do presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Danilo Dupas, após a demissão em massa e acusações de assédio moral.

Parlamentares também pediram a convocação do ministro da Educação para dar esclarecimentos sobre a situação do Inep e da interferência do governo nas questões do exame.

Os deputados também pediram auditoria permanente na autarquia ligada ao MEC (Ministério da Educação) e responsável pela aplicação de exames como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e pesquisa e dados, que dão suporte a distribuição de verba para estados e municípios, por exemplo.

Na última semana, dias antes da aplicação do Enem, a principal porta de entrada para as universidades brasileiras, ao menos 33 servidores pediram demissão do Inep. Em carta, eles alegaram falta de gestão e assédio moral. 

Por meio de nota, o ministro da Educação Milton Ribeiro, informou que o exame será realizado normalmente nos próximos domingos, dias 21 e 28. O presidente do Inep, Danilo Dupas, foi chamado a prestar esclarecimento na Câmara dos deputados, reafirmou que o Enem está mantido, mas disse que as questões envolvendo os servidores são "internas do Inep".

Últimas